DEFESA CIBERNÉTICA

Oficial-General participa de conferência de defesa cibernética na Colômbia

Chefe da 3ª Subchefia do EMAER participou da Conferência de Defesa Cibernética do Hemisfério Ocidental
Publicado: 16/05/2019 14:24
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Felipe Bueno
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Capitão Monteiro

A Força Aérea Brasileira (FAB) esteve presente, nessa terça e quarta-feira (14 e 15/05), na Primeira Conferência de Defesa Cibernética do Hemisfério Ocidental, realizada em Bogotá, na Colômbia. O Chefe da 3ª Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Major-Brigadeiro do Ar Jefson Borges, participou do evento, que contou com representantes de 23 países e discutiu as formas de combate aos crimes cibernéticos.

"O evento, que teve origem na Junta Interamericana de Defesa e apoio do Governo Colombiano, permitiu que diversos países compartilhassem suas perspectivas perante o domínio cibernético. O Brasil, representado pelo Comando de Defesa Cibernética do Exército Brasileiro [COMDCIBER], pela Diretoria de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha [DCTIM] e pelo EMAER, pode ter contato com os importantes conceitos, avanços e necessidades relacionadas com um tema que impacta diretamente, não só as atividades administrativas, bem como a aplicação operacional, além das questões relacionadas ao uso pessoal e coletivo das capacidades de tecnologia da informação", afirmou o Major-Brigadeiro Jefson.

A conferência teve a presença do Ministro da Defesa do país sede, Guillermo Botero Nieto, e teve como objetivo promover um fórum para discutir estratégias cibernéticas entre ministérios e departamentos de defesa da região, assim como problemas técnicos que acompanham a implementação de estratégias cibernéticas. A apresentação do Brasil foi realizada pelo Chefe do Centro de Defesa Cibernética do COMDCIBER, General de Brigada Alan Denilson Lima Costa.

Fotos: EMAER