NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


PORTAL R7


Caça Gripen brasileiro tem primeiro voo previsto para amanhã às 13h

O primeiro F-39E está em fase de testes. Ele decola de Navegantes (SC) para Gavião Peixoto (SP). Apresentação oficial será um mês

Thiago Nolasco Com Mariana Londres | Publicada em 23/09/2020 17:16

O primeiro voo do caça Gripen brasileiro em solo brasileiro tem previsão de decolagem para amanhã (24) entre 13h e 14h. A aeronave irá de Navegantes (SC) até Gavião Peixoto (SP). E o voo só não irá ocorrer se houver problemas metereológicos.

O caça foi feito em parceria da sueca Saab com as brasileiras Embraer Defesa e Segurança, Ael Sistemas, Akaer e Atech. A entrega aconteceu há um ano em voo de testes na Suécia.

A parceira da Suécia com o Brasil começou em 2014 com o contrato no valor de 39,3 bilhões de coroas suecas para o desenvolvimento e produção de 36 caças Gripen E/F para a FAB, incluindo sistemas relacionados, suporte e equipamentos. As aeronaves do programa Gripen Brasileiro serão entregues entre 2021 e 2026 e a transferência de tecnologia ao Brasil será entregue pelo prazo de aproximadamente dez anos.

Na FAB, o caça será chamado de F-39E.

A primeira aeronave F-39E Gripen será empregada nas atividades de desenvolvimento conjunto no parque industrial brasileiro, por cooperação entre a Saab e as empresas nacionais selecionadas como beneficiárias no programa de transferência de tecnologia (offset).

O primeiro caça estará equipado com instrumentos para a realização da campanha de testes no Centro de Ensaios em Voo do Gripen (GFTC, do inglês Gripen Flight Test Center), em Gavião Peixoto (SP). Futuramente, ao final do desenvolvimento da versão monoposto, essa unidade vai ser incorporada à frota da FAB.
 
Por ser uma aeronave em fase de testes, sua operação deve ser executada em ambientes controlados, sempre buscando a máxima segurança do piloto e da máquina. Os voos de testes na Suécia foram iniciados a partir de agosto de 2019 e, recentemente, o mesmo avião decolou pela primeira vez comandado por um oficial da FAB, o Major Aviador Cristiano de Oliveira Peres.
 
As primeiras aeronaves em condições de serem utilizadas em operações de Força Aérea têm previsão de serem entregues para o Comando da Aeronáutica ao final de 2021.

MINISTÉRIO DA DEFESA


Militares concentram esforços no combate a focos de incêndio no Pantanal


Tenente Fraga | Publicada em 23/09/2020 17:05

Brasília (DF), 23/09/2020 – Militares das Forças Armadas deram continuidade ao combate a focos de incêndio que atingem o Pantanal de Mato Grosso do Sul (MS) e Mato Grosso (MT). Em parceria com agências federais e estaduais, integrantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica também empregam aeronaves que transportam brigadistas e despejam água durante os sobrevoos, para conter as chamas.

Desta vez, as ações ocorreram nas localidades de Serra Negra e Amolar, em Corumbá (MS), e na região de Faz Carvãozinho e Faz Rio Novo, em Poconé (MT). Simultaneamente, foram infiltradas duas equipes de combate a incêndio na Serra Negra, no município corumbaense.

As ações de apoio contam com 888 pessoas, sendo militares, brigadistas e civis, além do emprego de cinco aeronaves das Forças Armadas em voos de reconhecimento, transporte de militares/brigadistas e lançamentos de água, abrangendo os estados de MS e MT.

Operação Pantanal
As Forças Armadas atuam, desde o dia 25 de julho, no combate a incêndio no Pantanal sul-mato-grossense. No dia 5 de agosto, as ações foram estendidas ao Pantanal mato-grossense. O Ministério da Defesa atende à solicitação recebida pelos dois estados.

O Centro de Coordenação da Operação está instalado no aeródromo do Sesc Pantanal, em Poconé (MT), ponto estratégico para o emprego dos meios. Participam da operação embarcações e helicópteros da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, além de Fuzileiros Navais com curso em incêndio florestal.

REVISTA AERO MAGAZINE


Esquadrão Pelicano e PARA-SAR realizaram exercício no litoral de São Paulo

Foram realizadas mais de 200 simulações de resgate com içamento sobre o mar

Edmundo Ubiratan | Publicada em 23/09/2020 17:08

A Força Aérea Brasileira concluiu o Exercício Técnico (EXTEC) de Içamento na Água, realizado pelo Esquadrão Pelicano (2°/10° GAv) e pelo Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (EAS), também conhecido como PARA-SAR.

De acordo com a FAB o exercício teve como objetivo aprimorar e readaptar os pilotos e tripulantes em ambiente aquático com o içamento por meio de um guincho no helicóptero H-60L Black Hawk, uma das mais importantes modalidades do sistema de Busca e Salvamento (SAR, sigla em inglês).

Foram realizadas 41 missões, sendo 31 horas de voo sobre o mar, e cerca de 200 simulações de resgates. Ao total foram envolvidos 50 militares, que foram capacitados operacionalmente, cumprindo assim 100% da adaptação e formação de tripulantes nos procedimentos de içamento duplo molhado (homem de resgate e vítima) e içamento com maca.

“Foi um momento único pois, dessa forma, podemos empregar toda a nossa capacidade e entregar para a FAB mais operacionalidade. Isto é fundamental para a nossa pronta-resposta”, disse o tenente-coronel aviador Leonardo Machado Guimarães.

DEFESA AÉREA & NAVAL


Vídeo : Gripen E FAB4100 realiza primeiro acionamento de motor e taxi em Navegantes


Guilherme Wiltgen | Publicada em 23/09/2020 17:27

Seguindo os preparativos para o seu primeiro voo no Brasil, o Gripen E 6001 (FAB4100) realizou hoje o acionamento de motor, seguido de um taxi no pátio do Aeroporto de Navegantes.

Ontem o novo caça da Força Aérea Brasileira (FAB) passou o dia sendo preparado no interior do hangar, tendo  sido recolocado o assento ejetor, realizado testes de sistemas e o teste de recolher e baixar o trem de pouso, estando o caça colocado sobre cavaletes.

Ainda não está claro se o FAB4100 só irá decolar a partir do dia 25/09, conforme autorização dada pelo Comando da Aeronáutica, ou se o seu primeiro voo no Brasil sofrerá alguma alteração, podendo até ser antecipado para amanhã (24/09).

O FAB4100 será escoltado por dois caças F-5EM, estacionados na Base Aérea de Florianópolis, até seu destino final, na sede da Embraer Defesa & Segurança, em Gavião Peixoto/SP, onde se localiza o Centro de Ensaios em Voo do Gripen (GFTC – Gripen Flight Test Center), para dar continuidade na campanha de voo testes, que foi iniciada na Suécia e agora segue no Brasil.

PORTAL AEROFLAP


IACIT realiza treinamento para órgãos ligados ao DECEA


André Magalhães | Publicada em 23/09/2020 13:00

Os diversos órgãos que atuam como importante braço do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) passam por constantes atualizações e aprimoramentos de equipamentos e tecnologias, e isso envolve também o permanente desenvolvimento e capacitação de seus colaboradores.

Um dos sistemas utilizados pela Força Aérea Brasileira (FAB) no sistema de controle do espaço aéreo no país é o DME 0200, sistema de auxílio à navegação aérea desenvolvido pela IACIT, compatível com a navegação DME-DME, contempla geração de frequência por sintetizadores digitais, estágios de potência de RF em estado sólido, microprocessadores para controle local/remoto, processamento e monitoração principal do sistema com circuitos de Hardware Complexo (FPGA).

Recentemente, sargentos e suboficiais da especialidade de eletrônica dos CINDACTAs II, III e IV e DTCEAs (Destacamento de Controle do Espaço Aéreo) subordinados estiveram presentes na sede da IACIT, em São José dos Campos (SP), para um treinamento específico do equipamento DME 0200. O objetivo foi capacitar os técnicos de auxílio à navegação do SISCEAB (Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro) a realizar intervenções de manutenção.

O treinamento realizado pela IACIT foi desenvolvido para apresentar as características técnicas e operacionais do equipamento DME 0200, detalhando teoricamente a inter-relação entre as subunidades que compõem o sistema. Também foram desenvolvidas aulas práticas de operação e manutenção, onde foram abordados assuntos como configuração do sistema e manutenção preventiva e corretiva. A capacitação é uma ferramenta importante para a garantia da máxima operacionalidade dos equipamentos já instalados e contribui para ampliar o alto desempenho da navegação em todo espaço aéreo brasileiro.

Ministrado pelos técnicos da IACIT, Reginaldo Oliveira e Marco Asp Rodrigues, o curso faz parte do contrato de fornecimento e instalação do equipamento DME 0200, fechado entre a empresa e a FAB, e que está instalado em 33 localidades no Brasil, dentre elas João Pessoa (PB), Diamantina (MG), Taquari (RS) e Igarassu (PE).

Fonte: IACIT

Comandante da Aeronáutica participa de videoconferência com Embaixador da Índia


André Magalhães | Publicada em 23/09/2020 10:50

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, participou, nesta terça-feira (22), em Brasília (DF), de uma videoconferência com o Embaixador da Índia, Suresh K. Reddy. Na ocasião, foram tratados temas importantes para a construção de uma agenda positiva de cooperação entre as respectivas Forças Aéreas.

O Tenente-Brigadeiro Bermudez destacou a realização da reunião. “Importante encontro, mesmo que de forma virtual, para que possamos incrementar nossas atividades bilaterais”, disse.

O Embaixador Suresh K. Reddy comentou sobre a conferência com o Comandante da Aeronáutica. “Que os laços existentes sejam ampliados e as parcerias fortalecidas, consolidando o bom relacionamento que temos com a Força Aérea Brasileira”, finalizou.

Participaram do encontro o Chefe da Segunda Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Brigadeiro do Ar Rodrigo Fernandes Santos, e o Chefe da Seção de Adidos da Segunda Subchefia do EMAER, Coronel Aviador Luiz Francisco Tolosa.

Fonte: Força Aérea Brasileira

Foto: Soldado A. Soares/CECOMSAER

OUTRAS MÍDIAS


CORREIO WEB - 150 vagas: seleção ITA tem inscrições prorrogadas até 30 de setembro

São 150 vagas na área de engenharia! Não perca:

Publicada em 23/09/2020 15:16

Uma segunda chance foi dada aos que sonham em ingressar no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). O período de inscrições do concurso ITA 2021 foi prorrogado até 30 de setembro. Para se candidatar é necessário preencher o formulário de inscrição no site da própria instituição e efetuar pagamento da taxa no valor de R$ 150.

A seleção oferece 150 vagas para homens e mulheres no curso de nível superior especializado nas áreas de aeronáutica, civil-aeronáutica, computação, eletrônica e mecânica-aeronáutica. A graduação tem duração de cinco anos e deve ser cursada na sede do instituto, em São José dos Campos, interior de São Paulo.

Tem interesse em se inscrever? Existem alguns requisitos para isso: possuir nível médio completo, ser solteiro(a), brasileiro(a) nato(a) e ter até 24 anos de idade. O concurso de admissão tem validade somente para matrículas no início do primeiro semestre de 2021.

O exame será dividido em três etapas: 

Primeira: prova nas disciplinas de matemática, física, química, português e inglês. Esta fase está prevista para ocorrer no dia 22 de novembro de 2020, com duração de cinco horas à partir das 8h.

Segunda: esta etapa conta com duas provas em dois dias diferentes com questões na área de exatas, além de uma redação. Está prevista para ocorrer dia 8 de 9 de dezembro de 2020, com duração de quatro horas à partir das 8h.

Terceira: Os candidatos aprovados nas duas primeiras fases passarão por uma  inspeção de saúde realizada pelo ES-SJ/SP.

Os candidatos aprovados  ingressarão no curso com duração de cinco anos, compondo o quadro de oficiais engenheiros da ativa e da reserva da Aeronáutica. Os alunos receberão bolsa de estudo que compreende ensino e alimentação, além de serviços médicos e odontológicos.